Nova York aprende com Copenhague

A bicicleta é um meio de transporte mais civilizado, mais saudável e compatível com melhor qualidade de vida: quanto mais uma cidade estiver preparada para receber ciclistas, melhor ela será para seus habitantes. E atenção, governantes e cidadãos: construir ciclovias não tem muito a ver com isso. São vários os casos de cidades que constroem várias “ciclovias” que, na verdade, não servem para nada (por serem interrompidas por barreiras como postes, árvores ou buracos, por serem descontínuas, por terem má acessibilidade ou por não impedirem o conflito com automóveis e ônibus. O Brasil tem casos recentes de extrema vergonha perante a comunidade internacional em relação a como tratamos nossos ciclistas – mas podemos mudar, quem sabe se, como os americanos, aprendermos com os dinamarqueses.

O mapa acima demonstra que o assunto é levado a sério pelos americanos. Mais importante que os dados e a propaganda governamental, no entanto, é a opinião dos usuários – somente eles podem atestar se os investimentos estão sendo realizados de forma adequada, e se a cidade está melhorando de fato. O vídeo abaixo expõe como a Dinamarca serve de inspiração para NY, além de reunir opiniões, autocríticas e sugestões de melhorias.

fonte: treehugger(1) e treehugger(2).

About these ads

Sobre Heron Félix
Só um cara inquieto por novas tecnologias e pesquisas relacionadas a arquitetura e engenharia.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 2.258 outros seguidores